Reporter São José da Laje News

Notícias em Tempo Real

Informa | Primeiros testes da vacina contra Covid-19

As primeiras aplicações da vacina da
covid-19 começaram na manhã desta sexta-feira no complexo do HC em
Curitiba.

 

Serão aplicadas hoje 10 doses em voluntários que se inscreveram para
participar do estudo, todos os voluntários são profissionais de saúde
que atuam na linha de frente do combate a covid-19.

 

A vacina chegou ontem, nós passamos
essa semana então terminando de organizar o centro toda a parte
burocrática aqui do centro.

 

Há uma grande importância para a universidade
participar do estudo, todo o processo de aprovação da entrada dessa
vacina no Brasil, de aprovação do protocolo, da aprovação do convênio da universidade
e do Hospital de Clínicas com o Instituto Butantã foi feito de uma forma muito
acelerada mas respeitando todo o protocolo.

 

Antes da aplicação os voluntários passam
por uma triagem e fazem exames para detecção da covid-19, pois não podem
estar infectados para receber a vacina.

 

Os testes
funcionam com a aplicação em doses reais e outras chamadas de placebo, que não
possuem o vírus inativado, isso acontece para se poder ter o estudo comparativo
entre os voluntários, eles não saberão que doses estão tomando a não ser no
final do estudo previsto para daqui um ano.

 

São 852 participantes, então como tem
alguns critérios de exclusão, a gente sempre tria um número maior de participantes
para que a gente chegue em um total de 852 participantes, todos profissionais de
saúde de linha de frente de atendimento.

 

A estimativa é que
novas aplicações sejam feitas após a validação dessa etapa, a vacina testada
provém de um laboratório chinês que está realizando estudos no mundo todo em
estágio avançado.

 

No Brasil, eles acontecem através de um convênio assinado
com o Instituto Butantã em São Paulo, que distribuiu a vacina para outras instituições conveniadas do estudo, como a UFPR.

 

Hoje nós somos um hospital que
tá atuando diretamente na mitigação da pandemia, mas estar atuando
na possibilidade de prevenção é uma ação muito importante, nós estamos sentindo o
hospital como órgão pesquisador como não só repassador de ideias, mas sim fazendo pesquisas está acompanhando a evolução da medicina.

 

Se nós conseguirmos fazer o
objetivo de todos os centros, os 12 centros que estão participando, de incluir
os participantes até setembro então em outubro a gente já vai
ter uma análise inicial de segurança dessa vacina, pelo menos a segurança
imediata, então há possibilidade que com essa análise parcial, sendo ela
positiva, a gente consiga o registro da vacina e com o registro da
vacina há a possibilidade dela ser comercializada ou distribuída
pelo SUS no país.

Poderá ver o vídeo no youtube Aqui